O valor da maçã.

O valor da maçã.

 

 

Esse post fala de beleza, não qualquer beleza mas a beleza que nos acompanha a vida toda e além, a beleza de viver uma vida marcante,  com propósitos e gerar frutos.

Quem não quer fazer algo realmente relevante para o mundo? Deixar nossa impressão e torná-lo melhor para gerações futuras?

Descrevendo assim dá a impressão que estamos falando algo grandioso e de alto impacto, não é mesmo? Só que não é bem isso que vai fazer a sua vida ter um propósito e ainda pode gerar preocupações e frustrações, afinal quantas pessoas podem se tornar uma figura como Lady Di ou deixar um legado com o da Fernanda Montenegro? Mirar em exemplos tao elevados não há nada de errado, mas cuidado para que isso seja bom pra você, para isso é importante reconhecer algumas coisas sobre si que podem mudar sua concepção a respeito daquela grandiosidade que citamos anteriormente. Presenteie-se com reconhecimento neste natal!

Validar seus feitos e dar a devida importância às suas ações pode ser de extrema valia para a reflexão sugerida no começo deste texto, pense em como foi grandiosa determinada atitude que você teve este ano, escolha uma atitude apenas, nada muito complexo ou extremamente popular. Que tal aquele momento em que você compartilhou conhecimento com alguma criança ou adulto? Isso pode ter sido grandioso da sua parte? Que tal fazer mais vezes até o próximo natal?

Pense então naquele momento em que sua força de vontade foi necessária para vencer um obstáculo ou atingir uma meta. Não foi bom saber que você conseguiu? Era algo monumental ou estava dentro do rol das metas consideradas “comuns” pela maioria das pessoas? Não se deixe enganar pelo ego! Atitudes que geram muita repercussão nem sempre são as que te ajudam a elevar o espírito ou a auto estima, as vezes atitudes menos populares podem ser mais recompensadoras…

Agora pense em algum fato da sua vida que foi realmente difícil de realizar, algum objetivo alcançado ou mudança obtida com esforço. Feche os olhos se necessário e respire fundo, lembre-se de uma ação sua que lhe foi recompensadora e que te pareceu grande. Pois é desta que estamos falando.

Pense em você como uma árvore que dá frutos, uma macieira. Você acha comum uma macieira produzir maçãs? Nada de mais, correto?

Se você observar a imagem que ilustra esse post vai ver duas coisas diferentes, a primeira delas é que a maçã da foto é uma maçã comum, como qualquer outra que você encontra no mercado. A outra coisa é que a macieira é pequena, muito pequena. Agora coloque-se no lugar daquela macieira. Como seria pra você produzir uma maçã de tamanho absolutamente normal? Parece difícil? Pois é mesmo! Um grande mérito para uma macieira tão pequena! Não quero aqui diminuir seu tamanho, mas será que você não se diminui às vezes?

Como você está validando as maçãs que você produz na sua vida? Como maçãs comuns que qualquer um poderia produzir? Ou como um feito extraordinário? As vezes nosso esforço é grande e o resultado também é valioso e grandioso, temos que tomar cuidado para não julgar nossos resultados como “mínimos” só porque parecem ser comuns quando na verdade eles podem ser o máximo!

Valide suas maçãs, valorize o que você faz, esse é o primeiro passo para alcançar posições mais elevadas.

Feliz ano novo!

Vinicius Marchiori

 

 

About The Author

admin